IUVSense

Monitorização em Tempo Real do Índice de Radiação Ultravioleta


Monitorização do IUVSense

Monitorização do Índice Ultravioleta


O projeto IUVSense consiste na instalação de dispositivos autónomos “outdoor” para monitorização do índice de radiação ultravioleta (IUV) em tempo real que podem ser instalados em postes de iluminação/sinalização já existentes. Opcionalmente pode também ser instalado um painel personalizável com informação sobre a interpretação do IUV e um espaço publicitário.

Os dispositivos IUVSense são alimentados através de um pequeno painel fotovoltaico e possuem dupla face (i.e., mostra o IUV na frente e verso). A sua instalação é simples e rápida, sendo fornecido também o sistema de fixação.



IUVSenseGraph

Opcionalmente, pode-se instalar um hotspot dentro do dispositivo e/ou integrar um sistema de envio de dados para uma base de dados online ou website.



IUVSenseGraph

Porquê o IUVSense?

A incidência do cancro de pele tanto do tipo melanoma como do tipo não-melanoma tem vindo a aumentar significativamente ao longo das últimas décadas, resultado, em parte, da exposição desprotegida da população à radiação ultravioleta tipo B (UVB). Actualmente, a nível mundial, são diagnosticados todos os anos cerca de 132000 casos de melanoma, com uma clara tendência de aumento devido, por um lado, à depleção da camada de ozono, que é um filtro natural da radiação UVB, e, por outro lado, ao aumento das actividades desportivas e de lazer ao ar livre. A OMS estima que um decréscimo de 10% nos níveis de ozono possa conduzir a um aumento anual de 3.5% do número de casos de cancro de pele do tipo melanoma. No relatório de 2013 da DGS sobre “Doenças oncológicas em números”, apresenta-se a seguinte figura, onde é evidente o aumento das cirurgias oncológicas da pele entre 2007 e 2012, o que, em certa medida, reforça o exposto anteriormente.



IUVSenseGraph


Nos EUA, em 2010, o custo estimado com o tratamento de melanomas foi de 2.36 mil milhões de USD, e os tratamentos podem atingir facilmente os 25 mil dólares por paciente.

Um só equipamento pode evitar/prevenir muitos dos episódios de queimadura solar que ocorrem durante a época balnear, e sobretudo alertar e consciencializar os cidadãos para que estes possam proteger-se, agir em consciência e a longo prazo mudar comportamentos nocivos para a saúde.


IUVSenseMas as consequências não se fazem sentir “só” ao nível da pele, mas também ao nível da visão, sistema imunitário, alteração dos ciclos do sono, doenças comportamentais, etc.
Por estes motivos a OptiSigma decidiu dinamizar o Projeto IUVSense que, através da instalação em larga escala do equipamento desenvolvido, disponibilizará de forma local, imediata e publicamente acessível a todos o índice UV, com total independência dos meios de comunicação típicos (televisão, rádio, Internet, etc.).

Os dispositivos de monitorização podem ser instalados em espaços de lazer e/ou desporto, nomeadamente, piscinas, parques verdes, praias fluviais e costeiras, jardins-escola, campos de ténis, campos de golfe, circuitos de desporto, entre outros.


Por ter reconhecido a sua importância num contexto de defesa da saúde pública e de prevenção da exposição solar excessiva, os Núcleos Regionais do Centro e Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro apoiaram institucionalmente o projeto.


Utilizadores de Referência:


Alfândega da Fé

Bragança

Leiria

Lousã

Macedo de Cavaleiros

Untitled 14

Untitled 16

Untitled 16

Untitled 16

Untitled 17

Mira

Miranda do Douro

Mirandela

Mogadouro

Torres Vedras

Untitled 15

Untitled 14

Untitled 16

Untitled 15

Untitled 16

Vila Flor

Vimioso

Vinhais

Untitled 15

Untitled 17

Untitled 14

IUVSenseReco IUVSenseReco




Especificações técnicas: inswitch_base

Para mais informações contacte-nos.

© 2018 OPTISIGMA. All rights reserved.
PortugalEnglish